Arquivo | Agosto, 2015

Atingidas e Atingidos pela Vale lançam documento político sobre o V Encontro Internacional, em Minas Gerais

19 Ago
Encontro reuniu atingidas e atingidos de diferentes partes do mundo

Encontro reuniu atingidas e atingidos de diferentes partes do mundo

Entre os dias 13 e 15 de agosto deste ano, mais de 100 mulheres e homens do Brasil, Moçambique, Peru, Colômbia, Suíça, Canadá e Argentina estiveram reunidos no V Encontro Internacional das Atingidas e Atingidos pela Vale. Foi uma oportunidade para debater as experiências acumuladas, assim como para traçar estratégias no enfrentamento das violações cometidas pela mineradora Vale por todo o mundo.

O encontro ocorreu na cidade de Ouro Preto, no coração da região mais afetada pela mineração em Minas Gerais, o chamado Quadrilátero Ferrífero. Ele foi precedido por duas caravanas de atingidas e atingidos que percorreram territórios em Minas, Pará e Rio de Janeiro, conhecendo e documentando os crimes cometidos pela empresa. Do acúmulo das caravanas e do Encontro surgiram estratégias de resistência e metas que servirão de base para as ações da Articulação durante todo o próximo ano. Veja a carta política do Encontro AQUI.

“Vale e ProSavana simbolizam o saque dos recursos e violação de direitos das comunidades sobre a Terra” denunciam organizações moçambicanas no Brasil

17 Ago
Serra do Gandarela - no interior de Minas gerais, Brasil

Serra do Gandarela – no interior de Minas gerais, Brasil

Ouro Preto-Brasil, 17 de Agosto de 2015 – Numa acção conjunta, três movimentos sociais de Moçambique decidiram apostar no reforço e aprofundamento das alianças e solidariedade internacionais para ampliar as denúncias de violações de direitos humanos, o saque dos recursos mineiros e usurpação de terras das comunidades e famílias camponesas e controlo dos corredores logísticos da Beira, Nacala e Vale do Zambeze, protagonizados pela Vale, Programa ProSavana, Nova Aliança do G8, Portucel, Jindal e outros grandes projetos em curso no País. Partilha e busca de experiências e formas de fortalecer as resistências e lutas contra o saque dos recursos e a saga destruidora da Vale, Prosavana e outros megaprojectos fazem parte da agenda dos cinco representantes destas organizações durante a sua estadia de 15 dias no Brasil. Continuar a ler

FALECE O PRESIDENTE DA UNIÃO NACIONAL DE CAMPONESES, AUGUSTO MAFIGO

6 Ago

mafigo-web

Comunicado de imprensa

Maputo, 05 de Agosto de 2015 – A União Nacional de Camponeses de Moçambique comunica o falecimento, na manhã desta quarta-feira, do seu presidente, o companheiro Augusto Mafigo. O incidente ocorreu na cidade de Quelimane, província da Zambézia, onde aquele líder camponês se encontrava em mais uma missão de mobilização e acompanhemento, junto das associações camponesas filiadas à UNAC naquela província. Mafigo, que não apresentava sinais de doença grave dias antes de partir para Zambézia, foi atacado por fortes convulsões e outras anomalias na madrugada desta quarta-feira, e foi conduzido ao hospital Provincial de Quelimane, onde veio a falecer por volta das 08h30. Leia a notícia completa aqui.